Exercícios sobre a Proclamação da República (com gabarito)

Exercício 1: (ADVISE 2009)

Leia atentamente o texto abaixo:

A troca de favores governava todas as relações. Sem patrono, político não fazia carreira, magistrado não permanecia no cargo, funcionário público não conseguia emprego, escritor não ficava famoso, empresário não conseguia criar empresa, banco não obtinha permissão para funcionar. Essa situação ficou bem caracterizada no ditado popular: “Quem não tem padrinho morre pagão”. (COSTA. Emília Viotti da. O legado do império: Governo oligárquico e aspirações democráticas. In: Nossa história: a construção do Brasil. Rio de Janeiro, 2006, p. 163).

O Brasil adentra no hall das nações republicanas em 1889. Sobre este momento é INCORRETO afirmar:


Exercício 2: (UFSC 2017)

– A República está proclamada.
– Já há governo?
– Penso que já; mas diga-me V. Exa.: ouviu alguém acusar-me jamais de atacar o governo? Ninguém. Entretanto… Uma fatalidade! Venha em meu socorro, Excelentíssimo. Ajude-me a sair deste embaraço. A tabuleta está pronta, o nome todo pintado. – “Confeitaria do Império”, a tinta é viva e bonita. O pintor teima em que lhe pague o trabalho, para então fazer outro. Eu, se a obra não estivesse acabada, mudava de título, por mais que me custasse, mas hei de perder o dinheiro que gastei? V. Exa. crê que, se ficar “Império”, venham quebrar-me as vidraças?
– Isso não sei.
– Realmente, não há motivo; é o nome da casa, nome de trinta anos, ninguém a conhece de outro modo…
– Mas pode pôr “Confeitaria da República”
– Lembrou-me isso, em caminho, mas também me lembrou que, se daqui a um ou dois meses, houver nova reviravolta, fico no ponto em que estou hoje, e perco outra vez o dinheiro.
ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. 12. ed. São Paulo: Ática, 1999, p. 114.

Sobre o advento da República no Brasil, é correto afirmar que:


Exercício 3: (UFRGS 2015)

Leia o segmento abaixo.

Com a proclamação da República em 1889, subiu ao poder no Rio Grande do Sul um novo partido, o Partido Republicano Rio-grandense (PRR), cuja base social era formada por indivíduos oriundos do latifúndio pecuarista, associados com os setores médios urbanos. O PRR adotou como ideologia o Positivismo, mas de maneira não ortodoxa.

KÜHN, Fabio. Breve História do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Século XXI, 2002. p. 111.

Considere as afirmações abaixo, sobre o governo do PRR no Rio Grande do Sul.

I – Enfrentou duas revoltas armadas, a Revolução Federalista de 1893 e a Revolução de 1923, organizadas pelos setores da oposição maragata.
II – Adotou uma forma de governo democrática, com independência entre os três poderes e limitações amplas à atuação do Poder Executivo.
III – Almejou um desenvolvimento global da economia do estado, a partir de um projeto econômico de modernização capitalista do Rio Grande do Sul.

Quais estão corretas?


Exercício 4: (PUC-Campinas 2017/1 Direito)

Um pensamento liberal moderno, em tudo oposto ao pesado escravismo dos anos 1840, pode formular-se tanto entre políticos e intelectuais das cidades mais importantes quanto junto a bacharéis egressos das famílias nordestinas que pouco ou nada poderiam esperar do cativeiro em declínio.
(BOSI, Alfredo. Dialética da Colonização. São Paulo: Companhia das Letras, 1992, p. 224)

O poder local exercido por um reduzido número de famílias abastadas, não apenas nas províncias nordestinas, como o texto indica, mas em todo o território brasileiro, manteve-se após a proclamação da República e contribuiu para que alguns historiadores denominassem de “oligárquica” essa fase do período republicano. Em nível nacional, o favorecimento do poder das oligarquias se evidenciava, nessa época,


Exercício 5: (Unespar 2016)

“A República, todavia, foi fruto muito mais da insatisfação gerada pela incapacidade do Estado Imperial de articular as velhas e novas demandas – de sua crise de legitimidade – do que da crença geral e efetiva nas vantagens do regime republicano”.
(BASILE, Marcello. O Império Brasileiro: Panorama Político. In: LINHARES, Maria Y. (org.). História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier, 1990. p. 294)

O trecho acima se refere à Proclamação da República, ocorrida em 1889, no Brasil. Sobre este acontecimento e os eventos que a antecedem e lhe são subsequentes, assinale a alternativa INCORRETA.


Gabarito

Questão 1: B

Questão 2: 1, 2, 4, 32

Questão 3: C

Questão 4: E

Questão 5: B