Simulado com 28 exercícios sobre Hormônios Vegetais

Teste seus conhecimentos em Biologia sobre Hormônios Vegetais resolvendo os exercícios abaixo do Simulado com 28 exercícios sobre hormônios vegetais.

Apenas uma das alternativas está correta e o gabarito encontra-se no final das atividades.

Observe nossas categorias do lado direito e veja nossos outros simulados.

O site Ensino Médio on line é para ajudar estudantes a melhor se prepararem para o ENEM e auxiliar professores do Ensino Médio com Atividades para professores!

Simulado com 28 exercícios sobre Hormônios Vegetais

01. (Unifor-CE)Hormônios são substâncias produzidas em pequenas quantidades em certas partes do organismo e transportadas para outras, onde agem. São exemplos as auxinas dos vegetais, produzidas nos ápices das raízes e caules e transportadas para as regiões de

a) absorção.
b) reprodução.
c) divisão celular.
d) elongação celular.
e) diferenciação celular.

02. (UERJ) A senescência e queda das folhas de árvores são fenômenos observados com grande intensidade no outono, em regiões de clima temperado, quando as noites se tornam progressivamente mais frias e os dias mais curtos.

A diminuição da temperatura e a menor iluminação acarretam as seguintes alterações de níveis hormonais nas folhas:

a) diminuição de auxina e aumento de etileno
b) aumento de auxina e diminuição de etileno
c) aumento de giberelina e aumento de auxina
d) diminuição de giberelina e aumento de auxina

03. (F.M. Itajubá-MG)A poda permite a ramificação da planta em crescimento porque:

a) Estimula a produção de auxina.
b) Impede a chegada de auxina nas gemas laterais.
c) Impede o crescimento do ápice.
d) Estimula a fotossíntese.
e) Impede o ataque de pragas.

04. (Unifor-CE)Uma planta, iluminada unilateralmente, cresce em direção à fonte luminosa. Assinale a alternativa que identifica corretamente esse tipo de crescimento e o hormônio que o determina.

a) Fototactismo – auxina.
b) Fototactismo – giberelina.
c) Fototropismo – auxina.
d) Fototropismo – giberelina.
e) Fotonastia – auxina.

05. (UDESC)A luminosidade é um fator de grande influência no crescimento dos caules pois, normalmente, eles têm um crescimento em direção à luz, o chamado fototropismo positivo. Assinale a alternativa que contém o nome do principal hormônio vegetal envolvido no fototropismo positivo dos caules.

a) noradrenalina
b) citosina
c) giberilinas
d) auxina
e) etileno

06. (U. F. Juiz de Fora-MG) Referindo-se à influência do ambiente físico na fisiologia e comportamento dos organismos, podemos afirmar que a germinação das sementes, o florescimento de certas plantas, a migração e a muda (troca de penas) de certas aves são atividades relacionadas à (ao):

a) fotoperiodismo.
b) homeotermia.
c) controle populacional.
d) transpiração.

07. (U. E. Londrina-PR) Muitas pessoas cortam folhas de violeta-africana e as enterram parcialmente para que enraízem e formem novos indivíduos. Em relação a este fato, é correto afirmar:

a) Só as gemas na planta adulta produzem auxinas para o enraizamento.
b) O ácido abscísico é o principal fitormônio envolvido na formação das plantas filhas.
c) As giberelinas inibem a dominância apical.
d) As auxinas estimulam o enraizamento e também o alongamento celular.
e) Só se formam raízes se a citocinina estiver em concentração elevada.

08. (F.M. Itajubá-MG) Em relação às auxinas, um grupo de hormônios vegetais, todas as afirmações
são corretas, EXCETO:

a) O mais importante representante é o ácido indol acético (AIA).
b) Nas plantas jovens são produzidas principalmente no ápice dos caules.
c) São destruídas pela luz.
d) Caules e raízes apresentam a mesma sensibilidade para elas.
e) Exercem efeito inibitório sobre as gemas laterais, localizadas nas axilas das folhas.

09. (U. Alfenas-MG) A camada de abscisão, formada na base do pecíolo de folhas senescentes e em frutos com adiantado estado de maturação deve-se, principalmente,

a) ao aumento na produção de auxinas nesses locais.
b) à presença de citocininas nesses locais.
c) à presença de giberilinas atuando em presença de auxinas.
d) ao baixo teor de auxinas, quando comparado ao teor do ramo em que se encontram.
e) ao aumento na produção de giberilinas nesses locais.

10. (Fempar-PR) O etileno é um gás produzido pelo metabolismo das células vegetais e é considerado um fitormônio. Ele atua como importante regulador natural de processos fisiológicos. Um dos principais efeitos do etileno é:

a) induzir o crescimento do caule.
b) promover a germinação da semente.
c) estimular a floração e elongação da raiz.
d) promover a dormência das gemas e das sementes durante um inverno rigoroso.
e) estimular o amadurecimento dos frutos.

11. (UFRN) Quando a planta é podada, geralmente as gemas laterais se desenvolvem porque:

a) a produção de citocinina aumenta, principalmente nos ramos podados.
b) a planta passa a ser estimulada pelo etileno liberado pela região ferida.
c) a planta passa a produzir ácido giberélico, para haver abscisão foliar.
d) a perda da dominância apical reduz a concentração de auxina.

12. (UFF-RJ) Dividiu-se um cacho de bananas verdes em duas partes: a primeira foi colocada em um saco pouco arejado e a segunda foi exposta ao ar.
Após alguns dias, verificou-se que as frutas colocadas no saco amadureceram mais rapidamente. Isto se deu em conseqüência:

a) da diminuição da pressão parcial de O2 que estimula a liberação de auxinas;
b) do aumento da pressão parcial de CO2 que estimula a liberação de giberelinas;
c) da liberação de um hormônio de natureza gasosa;
d) da liberação de ácido abscísico, hormônio de natureza protéica;
e) da diminuição da ação das auxinas que são ativadas pela luz.

13. (UEPB) Os vegetais apresentam movimentos próprios, como tropismos, tactismos e nastismos. Ao se estudar o crescimento de determinadas estruturas dos vegetais, relacionando-o com o tropismo provocado pela ação da gravidade e a da luz, conclui-se que

a) o caule tem geotropismo positivo e fototropismo negativo.
b) a raiz tem geotropismo negativo e fototropismo positivo.
c) a raiz e o caule apresentam geotropismos negativos.
d) a raiz e o caule apresentam fototropismo positivo.
e) o caule tem geotropismo negativo e fototropismo positivo.

14. (UFSE) É exemplo de quimiotropismo:

a) o crescimento dos tubos polínicos em direção aos óvulos.
b) o movimento de bactérias aeróbicas em direção a uma fonte de oxigênio.
c) o crescimento das pétalas durante o desabrochar da flor.
d) a inclinação dos caules em direção à luz, por efeito de hormônios.
e) o crescimento de raízes em direção ao centro da Terra.

15. (U. F. Juiz de Fora-MG) O fechamento dos estômatos resulta em economia de água e evita a transpiração excessiva das plantas quando o ar se encontra quente e seco. O fechamento dos estômatos é decorrente:

a) da ação da auxina que estimula a entrada de íons potássio na célula guarda.
b) da ação do etileno que estimula a saída de íons sódio da célula guarda.
c) da ação da giberelina que estimula a entrada de íons sódio na célula guarda.
d) da ação do ácido abscísico que estimula a saída de íons potássio da célula guarda.

16. (U.F. Uberlândia-MG) Considere as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. O AIA (ácido indolilacético) nem sempre estimula o crescimento vegetal, podendo também inibi-lo, dependendo de sua concentração e do órgão onde atua.
II. Citocinina é um nome geralmente dado a certas substâncias naturais ou sintéticas que nos vegetais estimulam divisões celulares.
III. Os efeitos mais marcantes da ação do etileno nos vegetais referem-se à quebra de dormência de sementes e à formação de frutos partenocárpicos.

a) I e III estão corretas.
b) Apenas I está correta.
c) II e III estão corretas.
d) I e II estão corretas.

17. (UFV-MG) Sabe-se que os hormônios vegetais são substâncias orgânicas, simples ou complexas, que atuam em baixíssimas concentrações, que estimulam, inibem ou modificam, de algum modo, processos fisiológicos específicos e que atuam à distância ou não do seu local de síntese. Associe a segunda coluna de acordo com a primeira e assinale a opção que contém a sequência correta.

I.   Auxina
II. Giberelina
III. Ácido abscísico
IV. Etileno
V. Citocinina

(   ) divisão e crescimento celular
(   ) amadurecimento de frutos
(   ) estímulo à germinação de sementes
(   ) alongamento de caule e tropismos
(   ) inibição da germinação de sementes

a)      V, II, III, IV, I
b)     II, V, I, IV, III
c)      V, IV, II, I, III
d)     V, IV, III, I, II
e)      II, I, IV, V, III

18. (MACKENZIE-SP) Carros frigoríficos são usados para transportar frutos a grandes distâncias sem que amadureçam. Isso é possível, pois a baixa temperatura:

a)      Acelera o processo de respiração e aumenta a auxina.
b)     Inibe a síntese do gás etileno e reduz a respiração.
c)      Aumenta a quantidade de ácidos e interrompe a fotossíntese.
d)     Inibe a decomposição de clorofila e aumenta a produção de etileno.
e)      Inibe a respiração e acelera a fotossíntese.

19. (PUC-SP) A seguir, são descritos dois procedimentos realizados em um experimento com flores de tomateiro:
Flor A – recebeu, em seu pistilo, pólen de outra flor de tomateiro.
Flor B – recebeu, em seu pistilo, pasta contendo auxina (hormônio vegetal), numa concentração suficiente para estimular o crescimento do ovário; seus estames foram retirados precocemente. A partir desses dados, deve-se prever que:

a) da flor A tenha se desenvolvido tomate com semente.
b) da flor A tenha se desenvolvido tomate sem semente.
c) da flor B tenha se desenvolvido tomate com semente.
d) da flor B tenha se desenvolvido apenas sementes e não fruto.
e) das flores A e B não tenham desenvolvido fruto e semente.

20. (FUVEST) O ponto vegetativo apical de um grupo de plantas foi retirado e substituído por uma pasta de lanolina misturada com um hormônio. Para verificar se é esse hormônio que inibe o desenvolvimento das gemas laterais, o procedimento adequado é usar um outro grupo de plantas como controle e nesse grupo, após o corte:

a) colocar uma pasta de ágar misturada com o hormônio.
b) aspergir uma solução nutritiva na região cortada.
c) colocar apenas lanolina na região cortada.
d) retirar também as gemas laterais.
e) colocar a mesma pasta utilizada no grupo experimental, mantendo as plantas no escuro.

21. (UEL) Quando um caule é iluminado unilateralmente, ele apresenta fototropismo positivo devido ao acúmulo de auxinas que provoca aumento da

a) distensão celular no lado não iluminado.
b) divisão celular no lado não iluminado.
c) distensão celular no lado iluminado.
d) divisão celular no ápice do caule.
e) divisão celular no lado iluminado.

22. (PUC – CAMPINAS) Impedindo-se a polinização das flores de um pé de melancia e aplicando-se sobre os estigmas do gineceu pasta de lanolina contendo auxina e giberelina, espera-se obter, nessa planta, frutos:

a) maiores, com sementes normais.
b) maiores, com sementes atrofiadas.
c) de tamanho normal, porém sem sementes
d) de tamanho normal, com sementes triplóides.
e) pequenos, com sementes estéreis

23. (UFMG) Nos pomares, é freqüente o uso da pulverização foliar com hormônios vegetais sintéticos. Assinale a alternativa que NÃO constitui um efeito desse procedimento.

a) Estimular a floração simultânea de várias plantas da mesma espécie.
b) Evitar a queda prematura dos frutos.
c) Favorecer a formação de frutos partenocárpicos.
d) Induzir a reprodução vegetativa.

24. (PUC-RS) Os tropismos observados em plantas superiores são crescimentos induzidos por hormônios vegetais e direcionados por influências do ambiente. A curvatura do caule em direção à luz e da raiz em direção ao solo são exemplos típicos de fototropismo e geotropismo positivos, respectivamente.

Tais movimentos ocorrem em decorrência da concentração diferencial de fitormônios como a ________, nas diferentes estruturas da planta. Altas taxas deste fitormônio, por exemplo, ________ o crescimento celular, o qual ________ a curvatura do caule em direção à luz. Completam o texto acima, respectivamente, os termos constantes na alternativa:

a) citocina – promovem – induz
b) auxina – induzem – provoca
c) giberilina – inibem – impede
d) auxina – bloqueiam – inibe
e) citocina – impedem – bloqueia

25. (UFPI) Auxinas são:

a) hormônios vegetais que controlam o desenvolvimento de frutos.
b) proteínas contráteis encontradas em células animais.
c) hormônios animais responsáveis pelos caracteres sexuais secundários.
d) estruturas epidérmicas que controlam a entrada e saída de gases da planta.
e) mediadores químicos das sinapses nervosas.

26. (UERJ) Uma fruta podre no cesto pode estragar todo o resto. O dito popular acima baseia-se no fundamento biológico de que a liberação de um hormônio volátil pelo fruto mais maduro estimula a maturação dos demais frutos. Esse hormônio é denominado de:

a) etileno
b) auxina
c) citocinina
d) giberelina

27. (FUVEST) Para se obter a ramificação do caule de uma planta, como a azaléia por exemplo, deve-se

a) aplicar adubo com alto teor de fosfato na planta, de modo a estimular a síntese de clorofila e maior produção de ramos.
b) aplicar o hormônio auxina nas gemas laterais, de modo a estimular o seu desenvolvimento e conseqüente produção de ramos.
c) manter a planta por algum tempo no escuro, de modo a estimular a produção de gás etileno, um indutor de crescimento caulinar.
d) cortar as pontas das raízes, de modo a evitar seu desenvolvimento e permitir maior crescimento das outras partes da planta.
e) cortas as pontas dos ramos, de modo a eliminar as gemas apicais que produzem hormônios inibidores do desenvolvimento das gemas laterais.

28. (UNAERP) Frutas bem maduras e podres liberam um gás conhecido por:

a) Ácido Abscísico.
b) Etileno.
c) Ácido indolil-acético.
d) Auxinas.
e) Ácido giberélico.

 GABARITO 

01020304050607080910
 DAB CDADDDE
11121314151617181920
DCEADDCBAC
2122232425262728
ACDBAAEB
Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Deixe um comentário