Tendências de Cursos e Carreiras

Tendências de Cursos e Carreiras

Listamos 16 tendências atuais do Brasil e do mundo e os respectivos cursos e carreiras que podem se beneficiar desses contextos. Veja quais são as áreas mais promissoras do mercado.

A dúvida é comum entre os estudantes e, para respondê-la, mais importante do que saber quais são os setores aquecidos hoje (e que podem mudar de acordo com a conjuntura econômica, social e política) é identificar as tendências do mundo atual que devem gerar oportunidades de trabalho.

Abaixo, listamos algumas dessas tendências de Cursos e Carreiras, com a ajuda de especialistas no assunto.  Repare que uma mesma tendência abre campo de atuação para profissões de diversas áreas.

Tendências de Cursos e Carreiras
  • FORTALECIMENTO DE CAUSAS IDENTITÁRIAS – Ganha força a discussão de questões relacionadas a gênero e raça e direitos de minorias, assim como políticas voltadas para a inclusão social (como cotas ) e de pessoas com deficiência.

CURSOS: Ciências Sociais, Estudos de Gênero e Diversidade, Educação Especial, Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, Serviço Social.

  • FOCO NAS PESSOAS – Empresas de todos os setores reconhecem que o seu maior valor está nos talentos que conseguem atrair e nos profissionais que são capazes de formar. A gestão de pessoas e a área de recursos humanos devem ganhar ainda mais importância nas organizações.

CURSOS: Administração, Comunicação Organizacional, Gestão Empreendedora, Gestão de Recursos Humanos, Gestão da Avaliação, Ciências do Trabalho.

  • EDUCAÇÃO CONTINUADA – Um mundo em rápida transformação pede por pessoas que continuem a aprender, a aprimorar seus conhecimentos e que sejam capazes de inovar.

CURSOS: Pedagogia, licenciaturas e pós-graduação para dar aulas no Ensino Superior.

  • INTERDISCIPLINARIDADE – A capacidade de relacionar e transitar por diversas áreas do conhecimento e dar sentido a ele tende a ser cada vez mais valorizada. Cursos de caráter interdisciplinar saem na frente.

CURSOS: Bacharelados e licenciaturas interdisciplinares, Ciência e Tecnologia, Engenharia da Inovação, Engenharia de Sistemas, Ciências Humanas, Línguas Estrangeiras Aplicadas à Negociação Internacional.

  • ENVELHECIMENTO POPULACIONAL – Com a queda do número de filhos por mulher e o aumento da expectativa de vida, já vivemos em um mundo com menos jovens e mais idosos.

CURSOS: Além das profissões da área da saúde ou que se relacionam a ela (como Informática e Engenharia Biomédica, Física Médica), haverá campo de trabalho para gestores públicos e especialistas em orientação previdenciária, planos de seguro e aposentadoria (Administração Pública, Gestão Pública, Ciências Atuariais, Gestão de Seguros).

  • VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA – As pessoas vivem mais e querem viver melhor. Para isso, buscam a adoção de hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas e uma alimentação equilibrada.

CURSOS: Educação Física, Esporte, Estética e Cosmética, Fisioterapia, Medicina, Nutrição,  Psicologia, Terapia Ocupacional, Saúde Coletiva.

  • AVANÇO DA BIOTECNOLOGIA – Cresce a aplicação de tecnologias para fabricar ou modificar produtos ou processos, sobretudo nas indústrias de alimentos e medicamentos.

CURSOS: Biotecnologia e Bioquímica, Nanotecnologia, Engenharia Bioquímica, de Bioprocessos e Biotecnologia, Engenharia de Alimentos, Farmácia.

  • BUSCA POR FONTES LIMPAS DE ENERGIA – A procura por fontes renováveis de energia se acentuou em razão do aquecimento global. O Brasil é um dos líderes mundiais em produção de energia hidrelétrica e biocombustíveis. A meta do país é ampliar ainda mais a participação das fontes renováveis em nossa matriz energética.

CURSOS: Biocombustíveis, Engenharia de Energia, Energias Renováveis

  • PREOCUPAÇÃO COM O MEIO AMBIENTE – Aquecimento global, desmatamento e gestão do lixo são assuntos que estão na pauta mundial, assim como o equilíbrio entre crescimento econômico, preservação dos recursos naturais e redução do consumo.

CURSOS: Ciências Biológicas, Ciências Socioambientais, Controle Ambiental, Gestão Ambiental,
Ecologia, Economia Ecológica, Direito ambiental.

  • DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO : A tecnologia está ganhando novos contornos, invadindo todas as áreas do cotidiano e revolucionando a forma como vivemos.
  • INTERNET E BIG DATA : O processamento e a análise do grande volume de informações (big data) que circula nas redes sociais e na internet permitem identificar comportamentos e tendências.

CURSOS: Ciência da Computação, Estatística, Matemática, Sistemas de Informação, Marketing, Gestão de Mídias Sociais

  • AUTOMAÇÃO E INTERNET DAS COISAS : Aumenta o uso de sistemas de automação em processos industriais e no setor de serviços. A Internet das Coisas refere-se a uma revolução tecnológica em que aparelhos se conectam à internet para realizar uma tarefa.

CURSOS: Ciência da Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Software.

  • TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) – Dispositivos móveis, como celulares e tablets, estão cada
    vez mais presentes na vida das pessoas, impulsionando o desenvolvimento de aplicativos e de áreas como o comércio eletrônico.

CURSOS: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados, Design da Interação, Design
de Games, Gestão da TI, Sistemas de Informação, Redes de Computadores, Segurança da Informação, Marketing, Gestão Financeira.

  • MOBILIDADE – As grandes cidades do mundo, principalmente nos países em desenvolvimento, enfrentam o desafio de buscar soluções para a mobilidade urbana, privilegiando
    o transporte coletivo e os meios não poluentes.

CURSOS: Engenharia de Transporte e da Mobilidade, Transporte, Geografia, Logística, Arquitetura e Urbanismo

  • FORÇA DA AGROPECUÁRIA – O crescimento da população e do poder aquisitivo nos países em desenvolvimento reforça ainda mais a necessidade de alimentos no mundo e aumenta a demanda por uma produção agroindustrial mais eficiente e sustentável. O Brasil desponta como um dos maiores fornecedores mundiais de produtos agropecuários, e o agronegócio responde por mais de 20% do PIB do país.

CURSOS: Agronegócios e Agropecuária, Agronomia, Agroecologia, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Engenharia Agrícola, Engenharia de Alimentos.

  • ECONOMIA CRIATIVA – Expande-se a chamada indústria criativa, aquela cujos produtos e serviços estão ligados à criatividade – nas áreas de cultura e arte ou ciência e tecnologia.

CURSOS: Animação, Arquitetura e Urbanismo, Dança, Design, Design de Games, Design de Moda, Fotografia, Música, Teatro, Gastronomia, Cinema e Audiovisual, Produção Cultural.

Fontes: Fausto Augusto Junior (Escola Dieese de Ciências do Trabalho), James Wright (Profuturo/FIA), Mauricio Garcia (Adtalem Educacional do Brasil), Milie Haji (Cia de Talentos) e Sirley Carvalho (Associação Brasileira de Recursos Humanos – ABRH). Guia do Estudante – Profissões.

Este artigo te ajudou? Esperamos que sim! Compartilhe isso para o mundo: Obrigada! 😘

Deixe um comentário