Atividades, Exercícios e Simulados para Enem e Vestibulares.

O texto dissertativo-argumentativo

Aprenda o que é um texto dissertativo-argumentativo!

Aprenda e entenda o que é um texto dissertativo-argumentativo! Os textos dissertativos são os mais utilizados na redação do Enem.

O texto dissertativo-argumentativo

Textos de natureza dissertativo-argumentativa são muito abundantes no cotidiano. As reportagens, escritas ou faladas, os artigos publicados em jornais e revistas, os editoriais, algumas cartas, como a argumentativa e a de leitor, são gêneros textuais cujas características discursivas e formais predominantes coincidem com as do tipo dissertativo-argumentativo.

A produção desse tipo de texto é, também, a mais comumente solicitada na escola, no Enem e nas provas de Vestibulares de ingresso em instituições de nível superior de todo o país. Algumas vezes, solicita-se que se produza um gênero específico; outras, apenas um texto de opinião sobre certo tema.

Quando se estudam tipos e gêneros textuais, o texto dissertativo é, às vezes, apresentado separadamente do tipo argumentativo. Teoricamente, o que os diferencia é o fato de este ser opinativo, e aquele, expositivo.

Na prática, entretanto, os tipos textuais não se manifestam isoladamente. Um gênero textual como um artigo de opinião mistura características desses dois tipos textuais e, muitas vezes, até de outros tipos. Sendo assim, sua estrutura pode ter variações. 

Fazer uma boa redação requer pensar bem, ou seja, analisar os vários aspectos em que se desdobra um tema e estabelecer entre eles relações. Boa parte da dificuldade de escrever advém da dificuldade de pensar de maneira organizada. É inútil acreditar que o problema surja no momento de “pôr as idéias no papel”, como se o pensamento existisse em estado bruto e a forma fosse exterior a ele. É bem mais provável que conteúdo e forma caminhem juntos. (CAMARGO. Thaís Nicoleti de)

Produzir um bom texto dissertativo-argumentativo requer algum trabalho. Por se tratar de um discurso racional, o qual opera com ideias abstratas, conceitos, convenções, ele exige que seu produtor tenha a capacidade de analisar o tema, de formar uma opinião, de selecionar argumentos que sustentem essa opinião e de apresentar tudo isso organizadamente, além de apresentar solução para a tese. A leitura desse todo organizado deve possibilitar ao leitor refazer o raciocínio proposto pelo produtor do texto, ou seja, da redação.

Desse modo, é muito difícil que alguém seja capaz de compor um bom texto dessa natureza sem antes planejar o que vai escrever. Pode-se dizer que a redação propriamente dita é apenas a última etapa – e nem por isso menos importante – de um processo que se inicia com a leitura do enunciado da proposta. 

É o enunciado que define – às vezes, apenas parcialmente – o objetivo do texto a ser produzido.

Por isso a importância fundamental de ler e reler o enunciado para saber o que está sendo pedido na prova de redação.

Leia também: Verbos De Comando Que Aparecem Em Enunciados De Questões

Fonte: Língua Portuguesa, Vol 2 – Bernoulli.

You might also like